Finanças Públicas Fisco inspecciona arrendamentos a estudantes

Fisco inspecciona arrendamentos a estudantes

O ano lectivo está a começar e ao Fisco está em cima dos arrendamentos ilegais de casa e quarto a estudantes, escreve o Jornal de Notícias.
Fisco inspecciona arrendamentos a estudantes
Miguel Baltazar/Negócios
Negócios 14 de setembro de 2016 às 09:49

Os serviços de inspecção tributária estão a inspeccionar arrendamentos a estudantes, incentivando os infractores a regularizarem voluntariamente casos de arrendamento ilegal. As inspecções estão a decorrer e coincidem com o início do ano lectivo, escreve o Jornal de Notícias, que no entanto diz que não haver qualquer balanço da operação.

"A Autoridade Tributária está a a fazer acções de controlo ao alojamento local, incluindo o destinado a estudantes", avança fonte do Ministério das Finanças ao jornal, que no entanto diz que "não é possível quantificar resultados" e que os técnicos do Fisco têm "incentivado a regularização voluntária das situações anómalas detectadas".

O arrendamento ilegal a estudantes é um fenómeno generalizado no país, dizem ao jornal responsáveis de organizações estudantis. "Os estudantes são as principais vítimas do arrendamento ilegal", refere Daniel Freitas, presidente da Federação Académica do Porto, que defende que os preços elevados do arrendamento levam os alunos a aceitar propostas de arrendamento informal por parte dos senhorios.

"Com recibo 240 euros, sem recibo 200 euros" é um tipo de proposta comum, corrobora Pedro Filipe, da Associação Académica de Coimbra que, ao preço, junta a burocracia como factor incentivador da informalidade neste mercado de arrendamento.




Saber mais e Alertas
pub

Marketing Automation certified by E-GOI