Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Merkel pressionada a aceitar recapitalização de bancos sem Estados accionistas

Com a urgente recapitalização da banca espanhola em pano de fundo, encontro informal desta semana pode abrir caminho a uma proposta há muito defendida pela França, Espanha, Itália e pelo próprio FMI. Mudança de regras arrisca colocar os bancos portugueses em desvantagem.

Eva Gaspar egaspar@negocios.pt 21 de Maio de 2012 às 10:46
  • Assine já 1€/1 mês
  • 11
  • ...
Os líderes europeus poderão nesta quarta-feira receber sinais de flexibilidade de Angela Merkel no sentido de permitir que o Fundo Europeu de Estabilidade Financeira (FEEF) e o seu sucessor (o MEE, que deverá ser operacionalizado no Verão), possam disponibilizar capital directamente a bancos europeus, sem que essa injecção se faça através dos respectivos Estados, que se tornariam seus accionistas.

A informação é avançada pelo “Financial Times” com base no que se terá passado neste fim-de-semana em Camp Davis, EUA, que recebeu a cimeira do G8.

A possibilidade de os bancos acederem directamente aos fundos do FEEF e do MEE, sem que tenham de ter os respectivos Estados como accionistas, é um pedido há muito feito pela França, Espanha e Itália – todos países com casos de bancos em situação muito vulnerável - e pelo próprio FMI, que temem que o sector seja incapaz de respeitar os requisitos de capital mais apertados agora exigidos, mas não queira simultaneamente abrir a porta aos Estados.

Já a Alemanha considera que os bancos só devem poder aceder a fundos que são garantidos pelos contribuintes se estes, representados pelo Estado, passarem a ter uma parte do capital e uma palavra também a dizer na gestão do banco – designadamente no que respeita à política de remunerações e de distribuição de dividendos. É neste sentido que vai a portaria do Governo português, publicada na semana passada, sobre recapitalização da banca, pelo que a mudança de regras ao nível europeu poderá deixar os bancos portugueses numa situação de desvantagem relativa a este respeito.
Ver comentários
Saber mais Merkel bancos recapitalização Estados G8
Outras Notícias