Finanças Públicas Países do euro crescem 0,9%, ao ritmo de Portugal

Países do euro crescem 0,9%, ao ritmo de Portugal

As economias da zona euro avançaram no ano passado ao mesmo ritmo que Portugal: 0,9%. No último trimestre, contudo, Portugal perdeu terreno. Itália, Finlândia e Chipre fecharam 2014 a encolher.
Países do euro crescem 0,9%, ao ritmo de Portugal
Elisabete Miranda 13 de fevereiro de 2015 às 10:38

Os 18 países que partilham o euro registaram, no seu conjunto, um crescimento anual de 0,9% em 2014, uma percentagem que coincide com o crescimento homólogo no último trimestre do ano passado na zona euro e que também iguala o avanço do PIB português. As economias italiana, finlandesa e cipriota fecharam o ano a encolher.

 

Segundo os dados divulgados esta sexta-feira, 13 de Fevereiro, pelo Eurostat, a zona euro avançou 0,9% em 2014, a um ritmo igual ao registado pela economia portuguesa no ano passado. Já na Europa a 28 o comportamento foi mais favorável, com o PIB a subir 1,4% em termos anuais.

 

Olhando apenas para a recta final do ano, e em particular para os seus últimos três meses, o conjunto dos países do euro avançaram igualmente 0,9% em termos homólogos. Trata-se de um ritmo superior ao registado por Portugal que, segundo já adiantou o Instituto Nacional de Estatística esta manhã, se ficou por um crescimento trimestral homólogo na ordem dos 0,7%.

 

Entre os parceiros comunitários, a Itália, a Finlândia e Chipre destacam-se pela negativa. Os italianos encontram-se neste momento em recessão, tendo registado um recuo económico em todos os trimestres de 2014 (no último o PIB encolheu 0,3%). Chipre enfrenta um problema semelhante, embora com quebras de actividade mais acentuadas (fechou o último trimestre do ano a recuar 1,9%). Já a Finlândia começou e fechou o ano em terreno marginalmente negativo, a cair 0,1%.

 

Além destes três países, que se encontram em recessão ou em letargia económica, só a França (0,2%) e a Áustria (0%) viram a sua economia avançar menos do que a portuguesa nos últimos três meses do ano, quando comparado com o mesmo período de 2013. 

 

Na Europa a 28, os resultados trimestrais são também ligeiramente melhores do que na zona euro, com o conjunto das economias a avançar 1,3% em termos médios.

 




Saber mais e Alertas
pub

Marketing Automation certified by E-GOI