Finanças Públicas Parpública e hospitais EPE fazem subir défice e dívida em 2014

Parpública e hospitais EPE fazem subir défice e dívida em 2014

O Governo não incluiu o impacto das futuras reclassificações estatísticas em empresas públicas na proposta de Orçamento do Estado para o próximo ano.
Negócios 18 de outubro de 2013 às 11:51

A proposta de Orçamento do Estado para 2014, entregue esta semana no Parlamento, não inclui qualquer impacto resultante das futuras reclassificações de empresas públicas, apesar desse cenário poder conduzir a um aumento da dívida em 5.700 milhões de euros e a um agravamento do défice de mais de 200 milhões, noticia esta sexta-feira o jornal “Público”.

 

A inclusão da Parpública e dos hospitais EPE no perímetro de consolidação orçamental decorre da revisão do Sistema Europeu de Contas, que está agendada para Setembro de 2014, com o défice e a dívida pública dos Estados-membros a serem calculados já com base em novas regras.

 

De acordo com o “Público”, que cita dados da Direcção-geral do Tesouro e Finanças, a entrada destas entidades, a que se juntam a RTP, Estradas de Portugal e Refer, vai levar a um aumento da dívida em 5.700 milhões de euros e do défice em mais de 200 milhões.

 

Estará ainda a ser analisada a inclusão de empresas públicas de transportes como a Carris e a CP.

 

Contudo, o documento entregue no Parlamento foi feito com base no Sistema Europeu de Contas actualmente em vigor.




pub

Marketing Automation certified by E-GOI