Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Paulo Macedo: "Pedirem-me um inventário dos médicos foi o que mais me envergonhou"

O ministro da Saúde criticou assim as bases de dados da saúde que não permitem saber quantos utentes não têm médico de família, nem quantos médicos existem.

Marlene Carriço marlenecarrico@negocios.pt 15 de Novembro de 2011 às 21:54
  • Assine já 1€/1 mês
  • 10
  • ...
“Pedirem-me [FMI, BCE e Comissão Europeia] um inventário dos médicos foi a medida que mais me envergonhou”, disse esta noite o ministro da Saúde durante a discussão do orçamento da Saúde para 2012. O desabafo chegou depois de o mesmo ter sido questionado sobre como pretende dar médico de família a todos. Paulo Macedo disse que não será difícil fazer melhor do que o que existe, referindo-se aos dados recentemente divulgados pela Administração Central do Sistema de Saúde (ACSS), que apontam para 1,7 milhões de portugueses sem médico de família, lembrando, porém, os erros que existem nestas listas.

Numa crítica às bases de dados da saúde, Paulo Macedo deu outro exemplo: o pedido, feito pela troika, de inventariação de médicos no País. “Pedirem-me um inventário dos médicos foi o que mais me envergonhou”, afirmou.
Ver comentários
Saber mais Paulo Macedo saúde inventário médicos
Mais lidas
Outras Notícias