Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

António Costa: "Cavaco evitará uma crise política"

António Costa, número dois do Partido Socialista e presidente da Câmara de Lisboa, acredita que o Orçamento para o próximo ano acabará por ser viabilizado, ainda que ‘in extremis’, pelo PSD. No limite, diz, a abstenção dos sociais-democratas será forçada por Cavaco Silva.

Negócios negocios@negocios.pt 11 de Outubro de 2010 às 09:25
  • Assine já 1€/1 mês
  • 1
  • ...
Em entrevista ao “Diário Económico”, o antigo ministro afirma que "no limite dos limites, o Presidente far-se-á ouvir no PSD e evitará uma crise política".


Acusa ainda Passos Coelho de não representar o todo do PSD. “É hoje difícil analisar o PSD porque uma parte importante do partido tem uma posição contrária à da actual direcção”, refere, recordando os apelos à abstenção de Manuela Ferreira Leite e de Pacheco Pereira, políticos “ absolutamente insuspeitos de terem amores por este Governo”.


António Costa diz igualmente que, se não há ainda um consenso político em torno do Orçamento, a culpa deve-se aos sociais-democratas. “O Governo tem manifestado a todos os partidos e, em particular ao PSD, toda a disponibilidade para negociar o Orçamento”, pelo que “seria absolutamente irresponsável que se provocasse uma crise política”.


Ver comentários
Outras Notícias