Orçamento do Estado Bloco deixa voto do orçamento em aberto

Bloco deixa voto do orçamento em aberto

A deputada Mariana Mortágua critica o excedente orçamental de 500 milhões de euros inscrito na proposta de Orçamento para 2020 e o facto de, por opção do Governo, o mesmo não ter sido negociado com os partidos da esquerda. Bloco de Esquerda não garante aprovação do documento na generalidade, compromete-se apenas a tentar melhorá-lo.
Bloco deixa voto do orçamento em aberto
Miguel Baltazar
David Santiago 17 de dezembro de 2019 às 13:01

Na reação à proposta de Orçamento do Estado (OE) para 2020 apresentada, ao início desta manhã, pelo ministro das Finanças, o Bloco de Esquerda não esconde a desilusão pela previsão de um excedente que, a pensar no presente, pode "comprometer o futuro", o que leva os bloquistas a deixar em aberto o voto do documento na generalidade. 

O excedente orçamental de 500 milhões de euros é uma espécie de espinha atravessada na garante dos bloquistas. Excedente esse que para Mariana Mortágua "enfraquece logo [o] argumento de que não há dinheiro". A deputada bloquista adianta, portanto, que o Bloco está a "avaliar estas propostas [orçamentais] tendo como contexto e pano de fundo esse excedente de 500 milhões de euros". 

No entender da parlamentar, o que está presente no OE "não é um equilíbrio orçamental, é um excedente orçamental" e, parafraseando o ministro Mário Centeno, também Mortágua defende que é preciso "fazer escolhas" e perceber se o objetivo é, ou não, o de reforçar a oferta e qualidade dos serviços públicos. A deputada do BE considera que a compra de comboios ou mais investimento na saúde representam "poupança futura". 

"Porque excedente hoje compromete investimentos que podem fazer poupanças futuras", sustentou.

Mariana Mortágua recorda que, apesar da "vontade muito clara" do Bloco em negociar este orçamento, o Governo optou por não seguir esse caminho e entregar uma proposta na generalidade não negociada à esquerda. "A direção do BO irá avaliar este documento para definir o seu voto na generalidade e essa avaliação terá em conta, por um lado, as insuficiências que o documento deixa claro aos olhos de todos, e também as reais possibilidades de o melhorar", avisou notando que o partido irá estudar "as possibilidade de melhorar" o OE proposto pelo Executivo do PS.




pub

Marketing Automation certified by E-GOI