Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Bruxelas espera ter "em breve" esboço do Orçamento nas mãos

A Comissão Europeia promete publicar "no devido tempo" a sua opinião sobre o documento, depois de receber o "draft" da proposta do Executivo de António Costa. Mas não avança datas.

Lusa 22 de Janeiro de 2016 às 12:35
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
A Comissão Europeia espera que o projeto de Orçamento do Estado para 2016 (OE2016) chegue "em breve" a Bruxelas, segundo a porta-voz do executivo comunitário para os Assuntos Económicos, Annika Breidthardt.

Questionada na conferência de imprensa diária, a porta-voz informou que Bruxelas tomou nota da apresentação feita na quinta-feira, em Lisboa, do esboço do projeto de OE2016 e que assim que o documento for recebido será publicado no 'site' da Comissão Europeia.

A mesma fonte explicou que, depois de rececionado o documento, a Comissão irá começar a preparar a sua opinião, que será "publicada no devido tempo".

A porta-voz escusou-se a pormenorizar datas sobre o processo de discussão do documento.

O Governo aprovou na quinta-feira o esboço do OE2016 que inclui uma previsão de défice de 2,6% do PIB para este ano, menos 0,2 pontos percentuais do que o previsto no programa do executivo.

"Em 2016, o défice é de 2,6% [do Produto Interno Bruto, PIB], menos 0,4 pontos percentuais do que em 2015 [que deverá ser 3%, excluindo a medida de resolução do Banif]", valor que tem subjacente, "uma redução mais acentuada do lado da despesa", sendo que o peso da receita no PIB deve cair 0,9 pontos percentuais e o da despesa diminuir 1,3 pontos percentuais", lê-se num comunicado entregue aos jornalistas depois da reunião do Conselho de Ministros.

"Paralelamente, o défice estrutural situar-se-á nos 1,1%, resultando numa redução igualmente significativa de 0,2 pontos percentuais", acrescenta.

O executivo de António Costa estimava um défice de 2,8% em 2016 no programa de Governo, sendo que está agora mais otimista no esboço do Orçamento do Estado para 2016.
Ver comentários
Saber mais Comissão Europeia Bruxelas Banif Governo Comissão Orçamento do Estado
Mais lidas
Outras Notícias