Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Confirmado aumento do IVA para refrigerantes e conservas

Refrigerantes e outros sumos e conservas de carne e passam de 6% para 23% de IVA. Ginásios saem da taxa reduzida e regressam à máxima, com aumentos de 17 pontos percentuais

Filomena Lança filomenalanca@negocios.pt 16 de Outubro de 2010 às 00:37
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
A Proposta de Orçamento do Estado para 2011 hoje entregue no Parlamento pelo ministro das Finanças prevê que as conservas de carne, de produtos hortícolas, e de moluscos passam da taxa reduzida de IVA, actualmente de 6%, para a taxa normal, que passará para 23% em Janeiro de 2011. Mas há outros produtos igualmente afectados. Veja aqui a lista completa dos bens e serviços em que se registam alterações:

Passam de 6% para 23%:

Leites chocolatados, aromatizados, vitaminados ou enriquecidos

Bebidas e sobremesas lácteas;

Sobremesas de soja

Refrigerantes, sumos e néctares de frutos ou de produtos hortícolas, incluindo os xaropes de sumos, as bebidas concentradas de sumos e os produtos concentrados de sumos.

Utensílios e outros equipamentos exclusiva ou principalmente destinados ao combate e detecção de incêndios.

Prática de actividades físicas e desportivas


Passam de 13% para 23%:

Conservas de carne e miudezas comestíveis.

Conservas de moluscos

Conservas de frutas ou frutos, designadamente em molhos, salmoura ou calda e suas compotas, geleias, marmeladas ou pastas

Conservas de produtos hortícolas, designadamente em molhos, vinagre ou salmoura e suas compotas

Óleos directamente comestíveis e suas misturas (óleos alimentares);

Margarinas de origem animal e vegetal.

Aperitivos à base de produtos hortícolas e sementes.

Aperitivos ou snacks à base de estrudidos de milho e trigo, à base de milho moído e frito ou de fécula de batata, em embalagens individuais.

Flores de corte, folhagem para ornamentação e composições florais decorativas. Exceptuam-se as flores e folhagens secas e as secas tingidas.

Plantas ornamentais.
Ver comentários
Mais lidas
Outras Notícias