Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Desemprego deverá aumentar para 10,8% em 2011

Nova estimativa do Governo para a taxa de desemprego é de 10,8% para 2011, o que representa um agravamento do mercado de trabalho.

Sara Antunes saraantunes@negocios.pt 16 de Outubro de 2010 às 12:53
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
Este ano, a taxa de desemprego deverá ser de 10,6%, o que compara com os 9,8% estimados em Julho, altura em que o Executivo divulgou o Relatório de Orientação da Política Orçamental.

Esta é a estimativa mais baixa face às últimas previsões da OCDE, da Comissão Europeia e do Fundo Monetário Internacional (ver tabela em baixo).

Mas o mercado de trabalho deverá deteriorar-se mais no próximo ano. A estimativa do Governo, apresentada no relatório do Orçamento do Estado, é que a taxa de desemprego aumente para 10,8 %. Em Julho, a estimativa era de 10,1%.

A Comissão Europeia é a única entidade com uma previsão mais optimistas, apontando para uma taxa de desemprego inferior a 10%. Ainda assim, esta previsão foi divulgada em no início do ano, antes do PECII. Ou seja, não incluem os aumentos de impostos anunciados em Maio, nem as novas medidas que constam no Orçamento do Estado para 2011.

No relatório hoje entregue, o Governo estima uma perda de emprego de 1,5% em 2010 e uma quebra mais modesta, de 0,4%, em 2011.



































Ver comentários
Mais lidas
Outras Notícias