Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Governo corta dois mil milhões de euros no Investimento, Saúde e Segurança Social

Em nome da consolidação orçamental o Governo propõe cortar cerca de 2.000 milhões de euros nos gastos do Estado com Investimento, Saúde e Segurança Social.

Negócios negocios@negocios.pt 16 de Outubro de 2010 às 16:28
  • Assine já 1€/1 mês
  • 1
  • ...
Segundo o relatório anexo ao Orçamento do Estado, o Estado irá cortar cerca de 984 milhões de euros (-12,7%) as transferências para a Segurança social, em 599 milhões de euros as transferências para a Saúde (-6,9%) e em 549 milhões de euros (-32,9%) as despesas de investimento financiadas pelo capítulo 50 do Orçamento do Estado.

Juntamente com a redução das despesas com pessoal e com o aumento de impostos estes são alguns dos contributos mais relevantes para a consolidação orçamental. A despesa total do subsector Estado irá cair apenas 600 milhões de euros, uma vez que há despesas que também aumentam. Entre elas a mais significativa é o aumento de cerca de mil milhões de euros nos gastos com juros. (ver tabela)


Evolução das principais rúbricas da despesa do Estado20102011Var. €Var %
Lei de Bases da Segurança Social7.7276.743-984-12,7
Serviço Nacional de Saúde8.6998.100-599-6,9
Investimentos do plano1.6671.118-549-32,9
Transferências para a Administração local2.3912.255-137-5,7
Educação904783-121-13,4
Ensino Superior1.2851.172-113-8,8
Subsídios e indemnizações compensatórias593517-77-12,9
Transferência para as Regiões autónomas567550-17-2,9
Bonificação de juros191188-3-1,5
Juros5.2506.3001.05020,0
Despesa total50.01649.406-610-1,2
valores em milhões de euros
Ver comentários
Mais lidas
Outras Notícias