Orçamento do Estado Presidente fala ao país esta segunda-feira para anunciar promulgação do OE2016

Presidente fala ao país esta segunda-feira para anunciar promulgação do OE2016

Marcelo Rebelo de Sousa vai falar ao país esta segunda-feira, sendo certo, segundo a SIC Notícias, que irá promulgar o Orçamento do Estado para 2016.
Presidente fala ao país esta segunda-feira para anunciar promulgação do OE2016
Ricardo Castelo
Negócios 27 de março de 2016 às 21:13

O Presidente da República tinha já anunciado que na próxima semana se iria pronunciar sobre o Orçamento do Estado para 2016. A SIC Notícias avançou este domingo à noite que Marcelo Rebelo de Sousa o fará já amanhã – com a promulgação do OE.

"Já lá vão três dias de apreciação do Orçamento e estou muito próximo de divulgar a posição final", declarou este sábado Marcelo Rebelo de Sousa, em resposta aos jornalistas, durante uma visita ao Estabelecimento Prisional de Tires, no distrito de Lisboa. 

Fonte de Belém confirmou também à agência Lusa que o Presidente falará ao país, no dia 28 de Março sobre o Orçamento do Estado para 2016.

O OE2016 foi aprovado no parlamento em votação final global a 16 de Março, com votos favoráveis de PS, BE, PCP e PEV, a abstenção do PAN e votos contra de PSD e CDS-PP, e chegou a Belém para promulgação na quinta-feira, dia 24.

 

Durante a campanha para as eleições presidenciais de 24 de Janeiro, Marcelo Rebelo de Sousa prometeu que, se fosse eleito, iria fazer "os possíveis e os impossíveis" para que o Orçamento do Estado para 2016 tivesse "pés para andar" e defendeu que o processo orçamental deveria ser acelerado, se possível. "Tudo o que seja acelerar é bom, porque em vez de entrar em vigor mais tarde entra em aplicação mais cedo", afirmou, na altura.

Este sábado, em entrevista à TSF, o líder parlamentar do PSD, Luís Montenegro, tinha sugerido ao Presidente que não deixasse de falar sobre os "desvios, riscos, incertezas, que possam ocorrer e ser corrigidos. Um Presidente que tem apelado tanto à nossa capacidade, ao nosso espírito construtivo, espero que encontre também oportunidade para alertar para alguns riscos de não cumprirmos os nossos objectivos".

 

Congresso do PSD arranca na sexta-feira

 

Ainda na próxima semana, terá lugar o 36º Congresso do PSD, onde Pedro Passos Coelho, que venceu as eleições primárias com 95% dos votos, será coroado como presidente do partido.

 

Apesar da expressividade da vitória e de não haver candidatos assumidos à sua sucessão, o ex-primeiro-ministro começa a enfrentar alguma hostilidade entre os social-democratas. Morais Sarmento, em entrevista a Antena 1, vê Passos Coelho como um líder a curto prazo. Só "com enorme dificuldade poderá ser candidato a primeiro-ministro daqui por três anos", afirmou Nuno Morais Sarmento, em entrevista à Antena 1, esta quinta-feira.

 

Rui Rio, putativo candidato à liderança do partido, já disse que não estará presente no congresso. José Eduardo Martins e Pedro Duarte, por seu lado, já deixaram claro que farão intervenções críticas na reunião magna dos social-democratas.


(notícia actualizada às 21:44)




pub

Marketing Automation certified by E-GOI