Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Marcelo "apela" a Passos que viabilize Orçamento

Depois de Pacheco Pereira, Manuela Ferreira Leite e de Marques Mendes, foi a vez de Marcelo Rebelo de Sousa "apelar" a Passos Coelho para que viabilize o Orçamento de Estado afim de evitar um "colapso financeiro". É o terceiro ex-presidente do PSD a fazê-lo.

Negócios negocios@negocios.pt 11 de Outubro de 2010 às 09:59
  • Assine já 1€/1 mês
  • 5
  • ...
Ontem à noite, no seu espaço habitual de comentário na TVI, o actual conselheiro de Estado avisou que ia fazer mais do que mero comentário, e lançar um duplo “apelo”: ao primeiro-ministro, para que mude de atitude e permita o diálogo, e a Pedro Passos Coelho, para que ponha os interesses do país em primeiro lugar, acima de qualquer cálculo político.
“Independente dos cálculos políticos, das sondagens - que só agravem isto - o que há é o risco de colapso financeiro”, advertiu.

“E quando se está perante um risco desses, eu entende que o que se pede, pede-se a José Sócrates – que tenha outro comportamento, que não tem tido, nomeadamente no tratamento do líder da oposição. Mas o que se pede ao líder da oposição é que pense duas vezes nas consequências do seu sentido de voto”.

Já Paula Teixeira da Cruz, vice-presidente do PSD, em declarações esta manhã à Antena 1, apontou baterias ao Governo, acusando-o de estar a inviabilizar o diálogo e um eventual acordo sobre o Orçamento no fito de provocar eleições antecipadas.

Ontem, o líder do PSD foi parco em palavras, mas assegurou que o voto do PSD terá um "sentido estratégico", reservando uma posição mais detalhada para quando tiver conhecimento da proposta de Orçamento, que será apresentada pelo ministro das Finanças, Teixeira dos Santos, nesta sexta-feira.
Ver comentários
Outras Notícias