Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Pedro Siza Vieira: "Eu não faço previsões económicas, mas tenho bom senso"

O ministro da Economia defende estimativa de crescimento do PIB de 5,4% em 2021. "Há muita procura reprimida, há muita poupança feita" que aguardam pela normalização da situação sanitária, disse esta tarde no Parlamento.

António Cotrim
Vicente Lourenço vicentelourenco@negocios.pt 06 de Novembro de 2020 às 18:28
  • Assine já 1€/1 mês
  • 3
  • ...
O ministro de Estado e da Economia defendeu esta sexta-feira as projeções macroeconómicas inscritas na proposta do Orçamento do Estado para o próximo ano, em que se prevê que o PIB cresça 5,4% em 2021, após uma queda estimada de 8,5% este ano. 

Questionado pelo PSD sobre se as perspetivas de crescimento da economia portuguesa seriam demasiado otimistas, criando expetativas irrealistas nos agentes económicos, Pedro Siza Vieira revelou confiança na recuperação económica de Portugal, sublinhando que  "há muita procura reprimida, há muita poupança feita" que aguardam a normalização da situação sanitária.

"Eu não faço previsões macroecnómicas, mas tenho bom-senso", garantiu o governante. "Não é um economista com modelos macroeconométricos a falar. É um cidadão."

O ministro de Estado e da Economia está esta sexta-feira na Assembleia da República a responder a perguntas dos deputados sobre o Orçamento do Estado para 2021.
Ver comentários
Saber mais Ministro da Economia Pandemia Covid-19 Projeções macroeconómicas
Outras Notícias