Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

PSD próximo da maioria absoluta

Se o país fosse hoje a votos, o PSD ficaria a um triz de obter uma maioria absoluta. PS caiu a pique nas intenções de voto, sugerem os resultados do barómetro da Marktest para o Diário Económico e TSF.

Negócios negocios@negocios.pt 28 de Outubro de 2010 às 09:30
  • Partilhar artigo
  • 36
  • ...
A apresentação do pacote de austeridade previsto no Orçamento do Estado para 2011 “esmagou” o Governo e o primeiro-ministro: o PS cai vertiginosamente nas intenções de voto, de 36% para 25% , atingindo o segundo valor mais baixo do histórico da Marktest.

Face ao mês de Setembro, a popularidade de Sócrates sofre também uma queda substancial e fica no patamar mais baixo de sempre, com apenas 18% dos inquiridos a terem uma imagem positiva do chefe de Governo.

Mesmo entre o eleitorado socialista cresceu o número de inquiridos que não aprova o desempenho do líder do PS: passou de 18% em Setembro, para 20% em Outubro


Já PSD e o seu líder são os que mais capitalizaram no último mês. O PSD sobe 4 pontos percentuais para os 42% nas intenções de voto, rumando em direcção à maioria absoluta. Pedro Passos Coelho é agora também mais popular entre os portugueses, mas a variação é marginal: 0,6 pontos percentuais, com 30,8% dos inquiridos a responderem que têm uma imagem positiva do líder laranja.


Os resultados do barómetro, realizado quando ainda decorriam as negociações entre PSD e Governo, ontem rompidas, mostram ainda uma subida do Bloco de Esquerda para 9,8% (mais 3,3 pontos percentuais), CDU com 8,3% (mais 1,8 pontos) e CDS com 8,1% (mais 1,4 pontos).


A popularidade de Cavaco Silva desce ligeiramente, mas sem por em causa o lugar de político mais popular (52,9%). Segue-se Paulo Portas (39,3%), Francisco Louçã (35,6%), Passos Coelho, Jerónimo de Sousa (29,4%) e, por último, José Sócrates.


Ver comentários
Saber mais barometro Marktest Passos PS PSD Sócrates maioria absoluta
Outras Notícias