Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

"Penitência" de viabilizar o OE só com um acordo na revisão Constitucional

O presidente do PSD-M, Alberto João Jardim, disse que só um acordo de revisão constitucional amenizaria a "penitência" da aprovação do Orçamento de Estado do Governo de José Sócrates.

Lusa 11 de Outubro de 2010 às 08:06
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
"Isto bateu no fundo: das duas uma, ou desta desgraça vamos começar a inverter a situação e tirar proveito dizendo então se o senhor (José Sócrates) invoca o interesse nacional para fazer passar o Orçamento de Estado, o senhor vai demonstrar que é fiel ao interesse nacional e faz-se um grande acordo democrático entre o PS, o PSD e o CDS para uma revisão constitucional", defendeu Alberto João Jardim no encerramento da "Universidade J", uma iniciativa da JSD-M que decorreu ontem sob o lema "Viver em autonomia".

"Um acordo para uma revisão constitucional, porque vai suceder qualquer coisa de novo (...) vai ser possível mudar o sistema político-constitucional, aí, sim, vale a pena esta penitência deste Orçamento", acrescentou.

Para João Jardim, "o que nos estão a pedir é: isto é uma malandrice, isto não presta para nada mas ai Jesus o que pode vir aqui se isto não for aprovado".

"Eu teria a ousadia de chumbar se fosse eu a mandar no PSD", declarou.

"Nós temos que ser ousados, temos que ter a coragem de isto chegou a um ponto que só dando o salto é que se resolve esta questão" porque, no seu entender, o Orçamento "vai-nos pôr muito pior", concluiu, num discurso de mais de uma hora.

Alberto João Jardim voltou a reivindicar a instauração da IV República e considerou que o "país está assim porque a República não tem a estrutura político-constitucional adequada".

Ver comentários
Outras Notícias