Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Educação tem mais de 100 milhões para pagar rescisões com professores

Finanças e Educação concentram quase 80% das verbas destinadas a pagar as indemnizações das rescisões amigáveis. Segundo o "Correio da Manhã", mais de 100 milhões de euros estão reservados apenas para os professores.

Professores manifestação greve
Bruno Simão/Negócios
Negócios 30 de Outubro de 2013 às 09:10
  • Assine já 1€/1 mês
  • 3
  • ...

É superior a 285 milhões de euros a verba total destinada a pagar indemnizações de funcionários públicos em 2014. Desse valor, cerca de 100 milhões deverão ser utilizados na Educação.

 

O "Correio da Manhã" nota que o valor previsto para pagar compensações de rescisões por mútuo acordo quadruplica em relação a 2013, com destaque para o ministério das Finanças e da Educação que concentram 79,5% do total das verbas.

 

O ministério liderado por Nuno Crato está actualmente a negociar com os sindicatos a arquitectura desse programa de rescisões, estando prevista para hoje uma reunião com os sindicatos. Ao CM, fonte oficial do Ministério da Educação refere que "o diploma está em negociação". 

Ver comentários
Saber mais rescisões amigáveis Educação professores saídas Estado Função Pública
Mais lidas
Outras Notícias