Função Pública Estado exige a privados contratos a prazo mais curtos que os seus
Conteúdo exclusivo para Assinantes Se já é assinante, faça LOGIN

Estado exige a privados contratos a prazo mais curtos que os seus

O Governo quer limitar a duração máxima dos contratos a prazo do sector privado para dois anos, em vez dos actuais três. Mas na Função Pública, que "dá o exemplo", desconhecem-se propostas para reduzir o limite de três anos. Questionado sobre o assunto, o Governo não fecha a porta a novas medidas, mas também não se compromete a rever a lei.
Estado exige a privados contratos a prazo mais curtos que os seus
Uma manifestação em 2011 inscreveu a "precariedade" na agenda política. O Governo tem várias medidas em curso mas, para já, os níveis de precariedade mantêm-se elevados (22% em total, 33% no privado).
Miguel Baltazar/Negócios

Foi há pouco mais de uma semana que o Governo assumiu em concertação social a

Conteúdo exclusivo para Assinantes Negócios Premium
Assine e aceda sem limites, no pc e no smartphone Assinar por 1€ por 1 mês



Notícias só para Assinantes
Análise, informação independente e rigorosa..
Para saber o que se passa em Portugal e no mundo, nas empresas, nos mercados e na economia.
Notícias e conteúdos exclusivos no website e aplicações móveis
Newsletter diária exclusiva para assinantes
Acesso ao epaper a partir das 23:00
Saiba mais
pub

Marketing Automation certified by E-GOI