Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Futebol francês em greve contra o imposto de 75% sobre rendimentos dos jogadores

Os clubes franceses decidiram, por unanimidade, fazer greve. Em causa está o imposto de 75% que o Governo quer implementar em rendimentos superiores a um milhão de euros.

Negócios 24 de Outubro de 2013 às 16:34
  • Assine já 1€/1 mês
  • 17
  • ...

Em protesto contra este imposto, os clubes votaram por “unanimidade” a greve e agendaram o protesto para o fim-de-semana de 30 de Novembro, uma jornada onde o PSG e Lyon se defrontam.

 

“Trata-se de salvar o futebol francês, que representa 25.000 empregos”, salientou o presidente da União dos Clubes Profissionais de Futebol (UCPF), Jean-Pierre Louvel, citado pelo “Le Fígaro”.

 

“O fim-de-semana de 29 de Novembro a 2 de Dezembro será um fim-de-semana sem jogos”, acrescentou o mesmo responsável.

 

O jornal francês salienta que a última greve histórica no futebol francês remonta a 1972.

 

O imposto de 75% sobre os rendimentos mais elevados consta na proposta de Orçamento do Estado para 2014. E deverá incidir sobre os rendimentos superiores a um milhão de euros.

 

O “Le Fígaro” fez um levantamento sobre o número de jogadores que auferem mais de um milhão de euros e em que clubes jogam. O PSG é o clube com mais jogadores nesta situação, são 21, seguido pelo Marselha, que tem 17 jogadores, e pelo Bordéus, que tem 14 jogadores, o mesmo número que o Lille.

 

Ver comentários
Saber mais impostos França PSG Lyon Bordéus Marselha desporto futebol
Outras Notícias