Impostos Governo estuda escalão intermédio para baixar IRS

Governo estuda escalão intermédio para baixar IRS

O Governo está a estudar uma redução no imposto para famílias com rendimentos anuais entre 13.500 e 27.500 euros, de acordo com o Correio da Manhã.
Governo estuda escalão intermédio para baixar IRS
Miguel Baltazar/Negócios
Negócios 17 de maio de 2017 às 08:54

O Governo está a estudar um possível alívio fiscal para famílias com rendimentos entre os 13.500 euros e os 27.500 euros, a partir do próximo ano. A medida, que ainda está a ser negociada, implicaria a criação de um novo escalão do IRS, entre os actuais 2º e 3º escalões.


A notícia é avançada pelo Correio da Manhã, que garante que há abertura do Governo para esta proposta, apesar de as negociações com o PCP e o Bloco de Esquerda sobre o Orçamento do Estado ainda estarem no início.

Esta terça-feira, o Bloco de Esquerda defendeu um alívio fiscal de 600 milhões de euros no IRS no próximo ano. Ou seja, três vezes mais do que o Governo prevê no Programa de Estabilidade.

"Achamos que é preciso, digamos assim, uma despesa fiscal em criação de escalões próxima dos 600 milhões de euros, no mínimo, para este Orçamento [2018], outro tanto no próximo, para podermos desfazer a enorme injustiça que foi criada por Vitor Gaspar", disse a coordenadora do Bloco em entrevista à SIC Notícias.

Anular o "enorme" aumento de impostos teria um custo de dois mil milhões de euros. Isto de acordo com a coordenadora do Bloco de Esquerda, que já tinha admitido uma redução faseada, ou seja, em vários anos. O Bloco de Esquerda reviu entretanto em baixa a sua estimativa.




Saber mais e Alertas
pub

Marketing Automation certified by E-GOI