Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Grécia cobra 14,7 milhões de euros a empresas por irregularidades com Segurança Social

O governo grego aplicou mais de 13.302 multas às entidades empregadoras em 2011, devido às mesmas não terem pago as contribuições dos seus trabalhadores à Segurança Social.

Andreia Major amajor@negocios.pt 20 de Março de 2012 às 15:47
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
O governo grego aplicou mais de 13.302 multas contra as entidades empregadoras em 2011, pelo não pagamento das contribuições dos seus trabalhadores à Segurança Social, de acordo com um relatório apresentado hoje no Parlamento pelo Ministro do Trabalho e da Segurança Social, Giorgos Koutroumanis.

Koutroumanis foi, no entanto, incapaz de especificar qual a percentagem do total dos 14.721.500 euros em multas que já foi colectada até ao momento, de acordo com o jornal grego Ekathimerini.

Durante um discurso ao Parlamento grego sobre os progressos realizados pelo seu ministério para reprimir a fuga às contribuições, Koutroumanis declarou que a auditoria realizada para a Fundação da Segurança Social IKA-ETAM em 2011 identificou 13.302 casos relativos a empregadores que não pagaram as prestações de segurança social.

No entanto, Koutroumanis acrescentou que era incapaz de dizer quanto dos 14.721.500 euros em multas já tinham sido colectados até ao momento pelas autoridades, dado que alguns casos poderão ter sido encaminhados para os tribunais, e muitos empregadores poderão estar a atrasar o pagamento enquanto aguardam acordos de liquidação com as instituições endividadas.

Ver comentários
Saber mais Grécia segurança social contribuições empregadores multas
Outras Notícias