Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Nova isenção de IRS beneficia salários brutos até 669 euros

O aumento do mínimo de existência do IRS vai beneficiar contribuintes com salários mensais entre 607 e 669 euros. O impacto não é progressivo, sendo tanto maior quanto mais próximo estiver o rendimento do trabalhador dos 639 euros. Os cálculos são da PwC.

Miguel Baltazar/Negócios
Manuel Esteves mesteves@negocios.pt 10 de Setembro de 2017 às 23:30
  • Partilhar artigo
  • 9
  • ...
O reforço do chamado mínimo de existência do IRS vai beneficiar directamente todos os contribuintes que tenham rendimentos anuais entre 8.500 euros e 9.362,5 euros, o que corresponde a um rendimento mensal de 607 e 669 euros (dividindo por 14).

Os cálculos são da PwC, feitos a pedido do Negócios, e dizem respeito a solteiros sem filhos, mas também são adaptáveis a casais, sem filhos, com um ou dois titulares. Num casal, o rendimento ...
Negócios Premium
Conteúdo exclusivo para assinantes
Já é assinante? Inicie a sessão
Assine e aceda sem limites, no pc e no smartphone
  • Conteúdos exclusivos com melhor da informação económica nacional e internacional;
  • Acesso sem limites, até três dispositivos diferentes, a todos os conteúdos do site e app Negócios, sem publicidade intrusiva;
  • Newsletters exclusivas;
  • Versão ePaper, do jornal no dia anterior;
  • Acesso privilegiado a eventos do Negócios;
Ver comentários
Saber mais mínimo de existência isenção IRS salários PwC
Mais notícias Negócios Premium
+ Negócios Premium
Capa do Jornal
Informação de qualidade tem valor. Invista. Assine já 1mês / 1€
Mais lidas
Outras Notícias