Impostos PS quer englobar mais rendimentos no IRS

PS quer englobar mais rendimentos no IRS

O projeto do programa eleitoral do PS prevê que mais rendimentos sejam englobados no IRS, de forma gradual. A medida era reclamada pelo Bloco de Esquerda e pelo PCP.
PS quer englobar mais rendimentos no IRS
Bruno Simão/Negócios
Negócios 21 de junho de 2019 às 11:24

O PS quer englobar mais rendimentos de IRS, de forma gradual nos próximos anos. A intenção está incluída no projeto de programa eleitoral, citado pelo jornal digital Eco, e é justificada com o objetivo de "promover a progressividade fiscal".

De uma forma geral, o Fisco soma os rendimentos para aplicar às pessoas singulares uma taxa progressiva, tanto mais alta quanto maior for o valor dos rendimentos. Contudo, há rendimentos que escapam a este englobamento, sendo sujeitos a uma taxa de 28%, independentemente do valor total que a pessoa recebe. É o caso dos rendimentos de rendas de casas, que podem pagar a taxa autónoma, ou dos rendimentos de capitais.

O projeto de programa não entra em detalhes, referindo apenas que se quer "caminhar no sentido do englobamento", tal como têm defendido PCP e Bloco de Esquerda.

Também de acordo com o Eco, no mesmo capítulo relativo às desigualdades o PS também fala de um novo acordo plurianual para a evolução do salário mínimo, a ser definido em concertação social, bem como da intenção de promover aumentos reais das pensões através da subida do complemento solidário para idosos, destinado aos pensionistas comprovadamente pobres.




pub

Marketing Automation certified by E-GOI