Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Regularização de dívidas ao fisco e Segurança Social perdoou mais de 400 milhões em juros

Contribuintes que regularizaram as dívidas com impostos e contribuições para a Segurança Social pouparam 495 milhões de euros em juros, coimas e custas administrativas.

Bruno Simão/Negócios
Negócios 13 de Fevereiro de 2014 às 09:41
  • Partilhar artigo
  • 14
  • ...

A operação de regularização de dívidas ao fisco e Segurança Social permitiu ao Estado português uma receita adicional de 1.277 milhões de euros, mas representou também uma perda de receita de 495 milhões de euros, tendo em conta os juros, coimas e custas administrativas que foram perdoados.

 

Os dados foram noticiados pelo Público, que cita documentos enviados pelo Ministério das Finanças aos deputados da Comissão de Orçamento e Finanças da Assembleia da República.

 

Em juros (de mora e compensatórios), foram perdoados 422 milhões de euros, em coimas mais 38 milhões e em custas administrativas 35 milhões. No total são 495 milhões de euros, o que representa 38% do total das dívidas fiscais e à Segurança Social que foram pagas no final do ano passado pelos contribuintes, refere o jornal.

 

Dos 1277 milhões de euros arrecadados graças ao perdão fiscal, 572 milhões corresponderam a dívida de IRC, 161 milhões de euros em IRS e 196 milhões de euros no IVA.

 

Ver comentários
Saber mais Segurança Social Ministério das Finanças perdão fiscal dívidas ao fisco e Segurança Social
Outras Notícias