IVA Pires de Lima mantém posição sobre IVA na restauração
IVA

Pires de Lima mantém posição sobre IVA na restauração

Ministro da Economia diz que é “coerente com as posições que assumi no passado”, mas ressalva que será solidário com decisão do governo.
Pires de Lima mantém posição sobre IVA na restauração
Bruno Simão/Negócios
Filipa Lino 11 de outubro de 2013 às 16:06

O ministro da economia reconheceu esta tarde no parlamento que está preocupado com a sustentabilidade do sector da restauração. Referindo-se ao IVA na Restauração Pires de Lima disse aos deputados da Comissão de Economia e Finanças: “Sou coerente com as posições que assumi no passado”.

 

Agora, que passou para o lado do governo, Pires de Lima não quer discutir o assunto remetendo para o executivo a decisão sobre este dossiê. “Sou leal e tenho sentido institucional. Aguardemos pela decisão do conselho de ministros, com a qual eu serei solidário”, afirmou. 

 

Mas avisou: "Acho que é mais fácil fazer crescer os impostos do que depois fazê-los descer." 

 

Segundo tem noticiado a imprensa, o Governo está a apontar Julho do próximo ano como a data mais provável para a descida do IVA da restauração em dez pontos percentuais, dos actuais 23% para 13%, seguindo uma das recomendações do grupo interministerial que tratou de estudar o assunto.

 

Pires de Lima, segundo a imprensa, queria que o IVA baixasse já no início do próximo ano, mas o primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho, e a ministra das Finanças, Maria Luís Albuquerque, foram contra a ideia.

 

(notícia actualizada às 17h47)




Saber mais e Alertas
pub

Marketing Automation certified by E-GOI