Justiça Comunicações de suspeitas de branqueamento de capitais aumentaram 43% em 2019
Conteúdo exclusivo para Assinantes Se já é assinante, faça LOGIN

Comunicações de suspeitas de branqueamento de capitais aumentaram 43% em 2019

No ano passado, a Procuradoria-Geral da República recebeu mais de oito mil comunicações de operações suspeitas que, em cerca de 400 casos, foram suspensas e acabaram por levar à abertura de duas centenas de inquéritos que ainda correm.
Comunicações de suspeitas de branqueamento de capitais aumentaram 43% em 2019
Lucília Gago tem vindo a dar ordens no sentido de serem confiscadas todas as vantagens patrimoniais que os agentes tenham obtido com os crimes.
Hugo Delgado/Lusa
Filomena Lança 23 de fevereiro de 2020 às 22:30

Ao longo de 2019 a Justiça recebeu 8.974 comunicações de operações suspeitas, no âmbito da lei de combate ao branqueamento de capitais e ao financiamento de terrorismo. Os números são da Procuradoria-Geral

Conteúdo exclusivo para Assinantes Negócios Premium
Assine e aceda sem limites, no pc e no smartphone Assinar por 1€ por 1 mês



Notícias só para Assinantes
Análise, informação independente e rigorosa..
Para saber o que se passa em Portugal e no mundo, nas empresas, nos mercados e na economia.
Notícias e conteúdos exclusivos no website e aplicações móveis
Newsletter diária exclusiva para assinantes
Acesso ao epaper a partir das 23:00
Saiba mais
pub

Marketing Automation certified by E-GOI