Justiça Director da Segurança Social de Lisboa detido por suspeitas de corrupção

Director da Segurança Social de Lisboa detido por suspeitas de corrupção

A Polícia Judiciária fez esta quarta-feira cinco pessoas por suspeitas de corrupção. Um director e um chefe de serviços do centro distrital de Lisboa da Segurança Social estão entre os detidos.
Director da Segurança Social de Lisboa detido por suspeitas de corrupção
Bruno Simão/Negócios
Negócios 04 de março de 2015 às 11:50

A Polícia Judiciária fez esta quarta-feira, 4 de Março, cinco detenções por suspeitas de corrupção, avança o Correio da Manhã. Em causa estão um director e um chefe de serviço do centro distrital de Lisboa da Segurança Social, um advogado e dois técnicos oficiais de contas.

 

Os responsáveis da Segurança Social são suspeitos de vender falsas declarações a dezenas de empresários, a atestar que as respectivas empresas não têm dívidas para com a Segurança Social, de modo a que as empresas se possam apresentar de forma fraudulenta a concursos públicos, revela o Correio da Manhã.

 

O jornal adianta que estão a decorrer ainda várias buscas, no âmbito de mais de 50 buscas levadas a cabo por 80 inspectores Polícia Judiciária.

 

Fonte oficial da Procuradoria-Geral da República confirmou ao Negócios "a realização de buscas no âmbito de um inquérito que corre termos no Departamento de Investigação e Acção Penal (DIAP) de Lisboa". No entanto, esclareceu apenas que "se investigam crimes de corrupção", se adiantar mais pormenores.

 

Contactada, a Polícia Judiciária disse que a operação está ainda em curso. 

 

(notícia actualizada às 14:20 com resposta da PGR)




pub

Marketing Automation certified by E-GOI