A carregar o vídeo ...
Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

ESPECIAL JULGAMENTO DE JÚDICE

José Miguel Júdice está a ser julgado pela Ordem dos Advogados, na sequência de duas entrevistas polémicas. Comente e conheça toda a história de um processo inédito, que opõe a Ordem dos Advogados e um seu ex-bastonário.

Negócios negocios@negocios.pt 25 de Maio de 2006 às 14:35
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

6 DE ABRIL DE 2005

Entrevista de José Miguel Júdice ao Jornal de Negócios, intitulada “O Estado devia ter de consultar sempre as três maiores firmas”. Esta é a entrevista que está na origem de toda a polémica. Para ler a entrevista tal como foi publicada no Jornal de Negócios,

clique aqui

. Se preferir, pode ler a versão inédita, na íntegra e não editada da entrevista, clicando aqui .

13 DE ABRIL DE 2005

As reacções à entrevista de Júdice foram imediatas. Uma semana depois da publicação da entrevista, o Jornal de Negócios publica pequenas entrevistas com Manuel Castelo Branco , João Vieira de Almeida , Pedro Rebelo de Sousa e Manuel Pereira Barrocas .

20 DE ABRIL DE 2005

A incomodidade gerada pela entrevista chega à Ordem dos Advogados. O Jornal de Negócios noticia que o Conselho Superior vai apreciar a entrevista, mas que parte dividido nessa apreciação. Leia a notícia desse dia clicando aqui .

No mesmo dia, Júdice responde aos críticos através de um artigo de opinião, “O sismo e os sismógrafos”, que pode ler aqui . Bem como os depoimentos de Luís Miguel Cortes Martins e Carmo Sousa Machado . Poucas semanas depois, João Soares da Silva e António Pinto Leite falariam sobre o assunto.

E o então novo Governo, de Sócrates, diz que não vê razões para mudar o critério de selecção de advogados, como pode ler nesta notícia .

12 DE MAIO DE 2005

Ocorre a Segunda Conferência Anual de LEX, em que a entrevista de Júdice é tema recorrente. António Garcia Pereira é um crítico. Luís Sáragga Leal um defensor. Nesse dia, o Jornal de Negócios publica uma entrevista com Rogério Alves, bastonário da Ordem dos Advogados, que explica por que razão remeteu a apreciação de conduta de Júdice para o Conselho Superior. Leia as declarações aqui .

25 DE MAIO DE 2005

É oficial: a Ordem dos Advogados abre processo disciplinar a Júdice. Leia a notícia aqui .

1 DE JUNHO DE 2005

A PLMJ, sociedade de que José Miguel Júdice é sócio, sai em solidariedade do ex-bastonário. Os sócios dizem estar “chocados” com a Ordem .

7 DE DEZEMBRO DE 2005

A Ordem acusa Júdice de solicitar o Estado. Júdice reage. Leia aqui .

10 DE DEZEMBRO DE 2005

José Miguel Júdice reage à acusação que lhe foi nesse mês deduzida. Fá-lo em entrevista televisiva à 2:. Esta entrevista vale-lhe o segundo processo disciplinar. Leia as declarações aqui .

1 DE MARÇO DE 2006

Segundo processo disciplinar. Júdice reage: “Não me vou defender” .

8 DE MARÇO DE 2006

Vários advogados continuam a pronunciar-se sobre o “caso Júdice” e corre um abaixo-assinado . Miguel Veiga fala ao Jornal de Negócios.

29 DE MARÇO DE 2006

Rogério Alves faz um balanço a meio do bastonato. E diz que a Ordem está imune aos “conflitos dos notáveis”. Leia a notícia .

26 DE MAIO DE 2006

Data da primeira audiência do julgamento de José Miguel Júdice, que prometia: “Vou finalmente poder falar e contar toda a história desta trágica situação.“ Leia a notícia aqui. Contudo, na véspera, a audiência acabou por ser adiada, como pode ler aqui. .

Outras Notícias