Justiça Ministério Público afastou 64 políticos e gestores em oito anos

Ministério Público afastou 64 políticos e gestores em oito anos

Os dados são da Procuradoria-Geral da República e fazem esta sexta-feira a manchete do Jornal de Notícias: em oito anos 64 titulares de cargos públicos foram afastados. Outros seis, envolvidos em casos judiciais, saíram pelo próprio pé.
Ministério Público afastou 64 políticos e gestores em oito anos
Bruno Simão/Negócios
Negócios 02 de agosto de 2019 às 09:24

Entre 2012 e 2019 pelo menos 64 titulares de cargos políticos e públicos foram afastados ou impedidos de exercer funções no Estado no âmbito de processos judiciais em que estiveram envolvidos e que terminaram em perdas de mandato, inibições ou destituições. No total, no mesmo período, o Ministério Público (MP) pediu o afastamento de 79 políticos ou gestores públicos.

 

As estatísticas estão esta sexta-feira nas páginas do Jornal de Notícias e foram cedidas pela Procuradoria-Geral da República (PGR) numa altura em que o Governo pediu um parecer à mesma PGR sobre a forma como deve ser aplicada a lei das incompatibilidades ainda em vigor.

 

Ainda de acordo com os números citados pelo Jornal de Notícias, apesar de envolvidos em casos judiciais, apenas seis pessoas se afastaram de sena por vontade própria. Esses casos ocorreram entre 2012 e 2014 e desde então tal não voltou a acontecer.




pub

Marketing Automation certified by E-GOI