Justiça PGR confirma investigação a Pardal Henriques por suspeitas de burla

PGR confirma investigação a Pardal Henriques por suspeitas de burla

Porta-voz do sindicato dos motoristas de matérias perigosas negara a existência de qualquer inquérito. Queixa-crime foi apresentada por empresário francês.
PGR confirma investigação a Pardal Henriques por suspeitas de burla
Bruno Colaço/Cofina
Negócios 14 de agosto de 2019 às 21:36
O porta-voz do Sindicato Nacional dos Motoristas de Matérias Perigosas (SNMMP), Pedro Pardal Henriques, está mesmo a ser investigado na sequência de uma queixa-crime por burla. A existência do inquérito em curso foi confirmada pela Procuradoria-Geral da República ao Público.

A investigação está a cargo do Departamento de Investigação e Ação Penal de Lisboa. A queixa-crime foi apresentada por um empresário francês que acusa o advogado de ter ficado a dever mais de 85 mil euros, após se ter comprometido a comprar uma propriedade em nome do cidadão estrangeiro.

O caso foi divulgado em abril passado pelo Diário de Notícias, que revelara que os valores transferidos para o advogado foram depositados numa conta do Deutsche Bank. Na altura, Pardal Henriques, que desmentiu a existência de qualquer inquérito, disse que não conseguia devolver o dinheiro pois tem a conta "congelada pelo Banco de Portugal".



pub

Marketing Automation certified by E-GOI