Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Bens de Sousa Cintra arrestados por tribunal

O tribunal brasileiro condenou Sousa Cintra a pagar uma indemnização à empresa Petropolis, no valor de 25 milhões de dólares. Tribunal português determinou que os bens de Sousa Cintra fossem arrestados.

Negócios negocios@negocios.pt 16 de Julho de 2012 às 14:14
  • Assine já 1€/1 mês
  • 18
  • ...
A notícia está a ser avançada pelo “Expresso”, que revela que os bens de Sousa Cintra foram arrestados no âmbito de um processo que oponha o ex-presidente do Sporting e a empresa brasileira Petrópolis. O tribunal arbitral brasileiro decretou a condenação de Sousa Cintra, impondo o pagamento de uma indemnização no valor de 25 milhões de dólares (20,4 milhões de euros) à empresa brasileira. Em causa está incumprimento de um contrato que previa a venda de uma fábrica de cerveja à Petrópolis. Sousa Cintra avançou com um processo em tribunal por alegar que foi a empresa brasileira que não permitiu a concretização da operação, mas, em 2008 acabou por ser condenado.

O ex-presidente do Sporting recorreu da sentença num tribunal português que, na altura, suspendeu a execução da sentença. Entretanto o empresário criou a fundação Sousa Cintra, que passou a ser proprietária de todos os bens do antigo presidente do Sporting, incluindo a casa e o recheio. E foi com base nestas operações que a Petrópolis ganhou o processo, ao argumentar que Sousa Cintra estava a tentar dispersar os seus bens a fim de evitar pagar a indemnização.

Agora, o tribunal cível de Lisboa decretou o arresto dos bens, incluindo o recheio da casa de Sousa Cintra que, segundo o “Expresso”, inclui obras de arte de Vieira da Silva e José Cutileiro.
Ver comentários
Saber mais Sousa Cintra tribunal justiça penhoras
Mais lidas
Outras Notícias