LEX Manuel Santos Vítor passa a líder único do escritório PLMJ
LEX

Manuel Santos Vítor passa a líder único do escritório PLMJ

A principal novidade saída desta reunião foi a nomeação de um único "managing partner", Manuel Santos Vítor, que contará com o apoio de um conselho de administração em que Luís Sáragga Leal será chairman.
Manuel Santos Vítor passa a líder único do escritório PLMJ
Negócios 12 de dezembro de 2012 às 10:00

A estrutura organizativa de topo da sociedade de advogados PLMJ vai ser alvo de uma mudança profunda. A liderança tripartida até agora assegurada por Luís Sáragga Leal, Nuno Líbano Monteiro e Manuel Santos Vítor passa a estar concentrada apenas neste último, que será apoiado por um conselho de administração alargado e sem funções executivas.

Segundo informações avançadas ao Negócios, a par da nomeação de Santos Vítor para o cargo de "managing partner",  também as progressões profissionais no escritório vão sofrer alterações, deixando de existir a tradicional distinção entre sócios de capital e sócios de indústria.

As mudanças referidas foram aprovadas na última assembleia de sócios da PLMJ, de onde saíram também as linhas mestras da actividade da sociedade e um novo modelo de governance para o próximo triénio.

A principal novidade saída desta reunião foi a nomeação de um único "managing partner", Manuel Santos Vítor, que contará com o apoio de um conselho de administração em que Luís Sáragga Leal será chairman. Este órgão não executivo integra ainda José Miguel Júdice, Nuno Líbano Monteiro, Jorge Brito Pereira e Tomás Pessanha.

A mudança configura o propósito antigo de dar os comandos da firma a um sócio não fundador. Até aqui existia um modelo de liderança tripartida, em que marcava presença Luís Sáragga Leal. Este advogado, em conjunto com Júdice, Oliveira Martins e António Maria Pereira (já falecido), esteve na origem da criação de PLMJ.

 

Novas regras para designar sócios

O fim da tradicional distinção entre sócios de capital e de indústria, introduzindo um alinhamento acrescido ao nível do colégio de sócios, foi outra das medidas aprovadas na última reunião. Igualmente adoptada foi a figura de sócio internacional, cujo propósito passa por distinguir o trabalho desenvolvido pelos advogados com ligação aos escritórios associados no estrangeiro.

Tomás Timbane, sócio do GLM - Gabinete Legal Moçambique, membro da PLMJ International Legal Network, é o primeiro sócio Internacional da firma. O advogado moçambicano lidera o escritório de  advogados parceiro da sociedade portuguesa em Maputo.

 




pub

Marketing Automation certified by E-GOI