Angola Mexidas na Sonangol não contemplam venda de activos

Mexidas na Sonangol não contemplam venda de activos

Isabel dos Santos faz parte do comité de reestruturação do sector petrolífero angolano As propostas de mudanças na Sonangol serão conhecidas em Março deste ano.
Mexidas na Sonangol não contemplam venda de activos
Simon Dawson/Bloomberg
Celso Filipe 22 de janeiro de 2016 às 15:49

O Comité de Avaliação e Análise para o Aumento da Eficiência do Sector Produtivo, nomeado pelo Presidente de Angola, José Eduardo dos Santos, para reestruturar a Sonangol afirma em comunicado que "no âmbito deste processo não está incluído qualquer tipo de transacções ou privatizações de investimentos" da petrolífera angolana.

O comité avançou esta sexta-feira, 22 de Janeiro, com a referida nota, reagindo à notícia avançada pelo semanário angolano Expansão, de que o Negócios deu conta, segundo a qual que Isabel dos Santos está a intervir neste processo.

O referido comité confirma a presença de Isabel dos Santos no mesmo, mas diz que o seu objectivo "não é a avaliação e venda de activos da Sonangol ou do grupo Sonangol".

"O comité é apoiado por uma equipa de consultores nacionais e internacionais, que estão a trabalhar nas tarefas mencionadas. A equipa é integrada pela The Boston Consulting Group (BCG), que acumula experiência em diversas geografias na execução de projectos de oil&gas, tendo realizado mais de 450 projectos no sector nos últimos cinco anos, pela sociedade de advogados Vieira de Almeida, com mais de 15 anos de experiência no sector petrolífero em Angola, pela PricewaterhouseCoopers, líder mundial em consultoria financeira, e por uma empresa consultora com foco nacional, apoiada por Isabel dos Santos, empresária com mais de 15 anos de experiência no sector económico e empresarial  angolano", escreve-se no referido comunicado.

A tarefa do comité será assim a de desenvolver "modelos organizacionais alternativos" para o sector do petróleos, "identificar oportunidades operacionais, quantificar o potencial de melhoria e desenhar possíveis modelos de implementação". O comité conta apresentar "uma proposta com soluções para o aumento de eficiência do sector petrolífero angolano" já em Março de 2016.




pub

Marketing Automation certified by E-GOI