Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Paulo Portas: "Relação com Angola não é substituível"

Paulo Portas diz que Portugal deve ser determinado e firme na defesa do seu espaço e do contributo que pode dar para o desenvolvimento de Angola e que o país precisa de ter uma política que proteja essa posição.

Do CDS para o privado: Paulo Portas confundiu-se com o CDS nos últimos 16 anos. A sua notoriedade alavancava o partido e os próprios centristas não imaginavam outro líder. Mas, tal como em 2005, (aí depois de um desastre eleitoral), Portas aproveitou a saída do Governo para anunciar, no final de 2015, que ia abandonar o partido. A saída foi formalizada em Março deste ano. Portas tornou-se consultor de várias empresas, entre elas a Mota-Engil.
.
Celso Filipe cfilipe@negocios.pt 28 de Março de 2017 às 00:01
  • Assine já 1€/1 mês
  • 8
  • ...
Paulo Portas veste o fato de vice-presidente da Câmara de Comércio e Indústria Portuguesa (CCIP) e recusa falar de política interna. Em Paris, fez uma palestra sobre o potencial da lusofonia e dos negócios em português durante a sexta reunião das câmaras de comércio que teve lugar na capital francesa entre 23 e 24 de Março. Com a saída da do Governo e da liderança do CDS/PP, aceitou o convite de Bruno Bobone, presidente ...
Negócios Premium
Conteúdo exclusivo para assinantes
Já é assinante? Inicie a sessão
Assine e aceda sem limites, no pc e no smartphone
  • Conteúdos exclusivos com melhor da informação económica nacional e internacional;
  • Acesso sem limites, até três dispositivos diferentes, a todos os conteúdos do site e app Negócios, sem publicidade intrusiva;
  • Newsletters exclusivas;
  • Versão ePaper, do jornal no dia anterior;
  • Acesso privilegiado a eventos do Negócios;
Ver comentários
Saber mais Paulo Portas Angola
Mais notícias Negócios Premium
+ Negócios Premium
Capa do Jornal
Informação de qualidade tem valor. Invista. Assine já 1mês / 1€
Mais lidas
Outras Notícias