África Radar África: Os esqueletos guardados no armário da Sonangol
Conteúdo exclusivo para Assinantes Se já é assinante, faça LOGIN

Radar África: Os esqueletos guardados no armário da Sonangol

Isabel dos Santos ficou em xeque por causa de uma transferência feita enquanto líder da Sonangol para uma empresa detida por si. Existe, contudo, um lado B da história que envolve uma demissão no escritório da petrolífera angolana de Londres.
Radar África: Os esqueletos guardados no armário da Sonangol
reuters, bloomberg
Celso Filipe 28 de janeiro de 2020 às 08:00

Uma transferência de 115 milhões de dólares para uma empresa controlada por si, feita nas vésperas da sua demissão da presidência da Sonangol, a 15 de novembro de 2017, foi a peça de domínio que fez

Conteúdo exclusivo para Assinantes Negócios Premium
Assine e aceda sem limites, no pc e no smartphone Assinar por 1€ por 1 mês



Notícias só para Assinantes
Análise, informação independente e rigorosa..
Para saber o que se passa em Portugal e no mundo, nas empresas, nos mercados e na economia.
Notícias e conteúdos exclusivos no website e aplicações móveis
Newsletter diária exclusiva para assinantes
Acesso ao epaper a partir das 23:00
Saiba mais
pub

Marketing Automation certified by E-GOI