Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Bolsas dos EUA sobem animadas por resultados e pela Dell

Os principais índices americanos recuperaram parte das perdas registadas na última sessão, a beneficiar da apresentação de resultados de algumas cotadas e da confirmação de saída de bolsa da Dell.

Sara Antunes saraantunes@negocios.pt 05 de Fevereiro de 2013 às 21:33
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

O Dow Jones sbiu 0,71% para 13.979,30 pontos, o Nasdaq avançou 1,29% para 3.171,581 pontos e o S&P500 cresceu 1,04% para 1.511,29 pontos.

 

A beneficiar as bolsas estiveram os resultados de empresas como a Computer Sciences, que, além de apresentar números superiores ao esperado, reviu em alta as suas previsões de resultados para 2013. As acções da tecnológica fecharam a subir 9,16% para 45,75 dólares.

 

A Estée Lauder também reportou os números de 2012, tendo revelado um resultado que superou em 10% as estimativas médias dos analistas. As acções valorizaram 6% para 64,71 dólares.

 

Das 281 empresas que já apresentaram os resultados de 201, 74% superaram as estimativas dos analistas, segundo a Bloomberg.

 

A contribuir para os ganhos da bolsa esteve também a confirmação de que a Dell vai abandonar a bolsa. As acções da terceira maior fabricante de computadores pessoais do mundo subiram 1,13% para 13,42 dólares, depois de ter sido anunciado que o CEO da tecnológica, Michael Dell, e o private equity Silver Lake acordaram retirar a empresa de bolsa, pagando 24,4 mil milhões de dólares. Esta é a maior operação de saída de bolsa desde a crise financeira, segundo os dados da Bloomberg.

 

O preço oferecido, de 13,65 dólares por acção, corresponde a um prémio superior a 25% face ao valor de fecho dos títulos a 11 de Janeiro, antes da Bloomberg noticiar as negociações que estavam a decorrer e que tinham como objectivo retirar a cotada de bolsa.

Ver comentários
Saber mais Bolsas EUA Dell Wall Street Dow Jones Nasdaq S&P500
Outras Notícias