Américas Economistas da Fed alertam: tarifas sobre o aço podem destruir emprego nos EUA

Economistas da Fed alertam: tarifas sobre o aço podem destruir emprego nos EUA

As tarifas impostas pela Casa Branca às importações de aço poderão levar à destruição de emprego nos EUA, alertam economistas da Reserva Federal (Fed) de Nova Iorque.
Economistas da Fed alertam: tarifas sobre o aço podem destruir emprego nos EUA
Pedro Curvelo 19 de abril de 2018 às 19:27

O presidente dos EUA, Donald Trump, defendeu a imposição de tarifas às importações de aço e alumínio como forma de criar, ou pelo menos manter, empregos nos EUA. No entanto, economistas da Fed de Nova Iorque consideram que o efeito mais provável desta medida seja a destruição de emprego.

Num artigo publicado esta quinta-feira no blog do site da Fed de Nova Iorque, os economistas Mary Amiti, Sebastian Heise e Noah Kwicklis argumentam que tudo aponta para que as tarifas não criem emprego no sector da produção do aço e que destruam postos de trabalho nas indústrias que usam esta matéria-prima.

Os economistas referem que as tarifas terão como efeito um aumento nos preços do aço, uma vez que as siderúrgicas americanas poderão subir os preços e manterem-se competitivas face aos concorrentes estrangeiros.

"Os exportadores norte-americanos que usam aço ou derivados do aço como matérias-primas vão enfrentar custos de produção mais altos e terão de ou aumentar os preços de exportação ou reduzir as margens de lucro", explicam. Para tentar cortar os custos de produção, as empresas poderão suprimir empregos ou até mesmo encerrar fábricas.

O trio de economistas cita um estudo de 2003 em que uma subida de 30% nas tarifas sobre o aço imposta pelo então presidente dos EUA, George W. Bush, em 2002, acabou por levar à destruição de 200 mil empregos nos Estados Unidos.

Os efeitos das tarifas poderão ainda ser mais amplos se houver retaliação da parte dos países atingidos. A China, um dos países afectados, já retaliou e impôs tarifas a várias importações dos EUA.




pub

Marketing Automation certified by E-GOI