Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Fed prevê quebra de 6,5% na economia dos EUA este ano

A revisão da previsão para o PIB norte-americano da Fed aponta para uma quebra mais acentuada do que era antecipado pelos analistas. A Reserva Federal estima que a taxa de desemprego nos EUA se situe em 9,3%.

Sarah Silbiger/Reuters
Pedro Curvelo pedrocurvelo@negocios.pt 10 de Junho de 2020 às 19:08
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
A Reserva Federal norte-americana (Fed) reviu esta quarta-feira em forte baixa as previsões para a maior economia do mundo, antecipando uma quebra de 6,5% no PIB dos Estados Unidos este ano. Em dezembro do ano passado, a Fed estimava um crescimento de 2%. Os analistas do Goldman Sachs esperavam uma projeção de uma contração de 4% este ano.

A instituição liderada por Jerome Powell manteve, tal como era esperado, as taxas de juro diretoras perto de zero e indicou que estas se deverão manter nestes níveis pelo menos até 2022.

A Fed reviu em alta a previsão da taxa de desemprego para 9,3%, apesar da inesperada redução neste indicador registada em maio. Em dezembro, a instituição antecipava o desemprego nos 3,5%.

Crescimento de 5% em 2021
Após um ano marcado pelo efeito devastador da pandemia da covid-19, a Fed prevê um crescimento de 5% no próximo ano e de 3,5% em 2022.

Quanto ao desemprego, a instituição presidida por Powell estima que este recue para 6,5% em 2021 e para 5,5% no ano seguinte.

Em comunicado, a Fed assinala que "o surto do coronavírus está a causar dificuldades tremendas em termos humanos e económicos nos EUA e no mundo". "A quebra da procura e os preços do petróleo significativamente baixos mantêm a inflação a níveis reduzidos", destaca ainda, considerando, no entanto, que "as condições financeiras melhoraram, em parte como reflexo das medidas de apoio à economia e o fluxo de crédito às famílias e empresas dos EUA".

Mas, adverte, "a crise de saúde que ainda decorre irá pesar fortemente na atividade económica, emprego e inflação no curto prazo e representa um risco considerável para a economia no médio prazo".

(Notícia atualizada às 19:22)
Ver comentários
Saber mais Fed Estados Unidos Reserva Federal PIB desemprego powell covid-19
Mais lidas
Outras Notícias