Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Michael Dell acena com dividendo para retirar de bolsa a empresa que fundou

O fundador da Dell acrescentou o pagamento de um dividendo extraordinário aos accionistas. Em contrapartida, a comissão do conselho de administração que está a avaliar a oferta aceitou fazer concessões que contribuem para o sucesso da proposta.

Michael Dell, CEO da Dell
Hugo Paula hugopaula@negocios.pt 02 de Agosto de 2013 às 17:49
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

Michael Dell (na foto) e a Silver Lake Management anunciaram uma nova proposta, que terá maiores probabilidades de aprovação pelos accionistas e que poderá permitir a retirada da empresa da bolsa.

 

O consórcio formado pelo fundador da Dell e a gestora de participações sociais adicionou 10 cêntimos de dólar ao preço por acção a que se propõe adquirir uma participação que lhe permita retirar a cotada da bolsa. Além de pagar 13,75 dólares por título, propõe um dividendo de 13 cêntimos por título a ser distribuído na conclusão, ou antes do fim, da operação.

 

O valor global da oferta, a contar com o novo preço da oferta pública de aquisição (OPA) e o dividendo, ascende a 24,8 mil milhões de dólares. Em contrapartida, a comissão destacada pelo Conselho de Administração da empresa para ajuizar sobre o mérito da proposta decidiu alterar as regras de contagem de votos. Na próxima votação, ao contrário do plebiscito anterior, as abstenções não vão contar como contra a proposta.

 

Os accionistas irão decidir se vendem as acções no próximo dia 12 de Setembro e estarão autorizados a votar aqueles que detenham os títulos no dia 13 de Agosto.

Ver comentários
Saber mais Michael Dell Dell
Outras Notícias