Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

S&P 500 volta a renovar máximo histórico

O Dow Jones terminou a primeira sessão da semana em baixa mas o índice S&P 500 ganhou terreno, tocando um valor nunca antes superado. Bancos foram as acções que mais subiram.

  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

As bolsas norte-americanas encerraram em terreno misto mas com o S&P 500 a renovar um novo máximo histórico.


O índice S&P 500 somou 0,19% para fechar nos 1.617,50 pontos, continuando a fechar em valores inéditos, como tem vindo a acontecer desde a semana passada. O tecnológico Nasdaq valorizou-se pelo terceiro dia consecutivo ao ganhar 0,42% para os 3.392,969 pontos.


O Dow Jones contrariou a tendência dos índices americanos e seguiu o comportamento das praças europeias, que encerraram hoje em baixa. O índice industrial perdeu uns ligeiros 0,03% para os 14.968,89 pontos, recuando do máximo histórico.

 

Na ausência de dados económicos nesta segunda-feira, alguns investidores optaram por aproveitar as mais-valias conseguidas depois das valorizações de sexta-feira, dia em que foi divulgado que as empresas dos Estados Unidos contrataram mais funcionários do que era antecipado.

 

“É uma semana muito ligeira. Já passámos por 85% da época de apresentação de resultados, pelo que provavelmente não haverá grandes surpresas”, comentou à Bloomberg o estratega de acções Philip Orlando. A agência salienta que 73% das 407 empresas do S&P 500 que já apresentaram resultados relativos ao primeiro trimestre superaram as previsões.

 

O sector financeiro foi o que mais subiu na sessão de hoje. O Goldman Sachs somou 2,12% para os 148,45 dólares ao passo que o Bank of America valorizou-se 5,23% para os 12,88 dólares. O Citigroup e o JPMorgan ganharam mais de 1%.

 

Em terreno negativo encerraram empresas como a Intel e a IBM, com descidas de 0,21% e 0,85%, respectivamente.  

Ver comentários
Saber mais Wall Street Dow Jones S&P 500 Nasdaq bolsas EUA EUA
Mais lidas
Outras Notícias