Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Wall Street abre em queda apesar de dado económico positivo (act)

As bolsas norte-americanas iniciaram a sessão desta quarta-feira em terreno negativo, mesmo depois de ter sido divulgado que a economia dos EUA adicionou mais postos de trabalho do que o previsto.

Negócios 08 de Janeiro de 2014 às 14:44
  • Assine já 1€/1 mês
  • 2
  • ...

O Dow Jones perde 0,28% para os 16.485,5 pontos enquanto o Nasdaq deprecia 0,06% para os 4.150,87 pontos. Já o S&P 500 cai 0,1% para os 1.835,67 pontos.

 

As empresas norte-americanas criaram 238 mil postos de trabalho em Dezembro, o maior aumento no emprego desde Novembro de 2012 e depois de um avanço de 229 mil no mês anterior. Estes dados superaram as previsões mais optimistas dos economistas consultados pela Bloomberg.

 

Ainda assim, as bolsas dos EUA perdem pressionadas por empresas como a Cisco, que desvaloriza 0,45% para os 22,21 dólares, e como a Microsoft, que retira 0,41 pontos percentuais ao S&P 500.

 

A queda das bolsas acontece num dia em que os investidores estão de olhos postos nas minutas da Reserva Federal, e que deverão revelar as razões para a redução da retirada de estímulos à maior economia do mundo na última reunião, e um dia antes do arranque da época de resultados trimestrais das empresas norte-americanas.

 

Os investidores estão algo expectantes em relação à divulgação das minutas da última reunião da Reserva Federal (Fed) dos EUA, que ocorreu nos dias 17 e 18 de Dezembro, e na qual os responsáveis pela política monetária decidiram reduzir os estímulos económicos. Assim, o programa de compra de activos foi cortado em 10 mil milhões de dólares para 75 mil milhões por mês.

 

E a expectativa é de que esta redução se prolongue. Ainda na terça-feira, 7 de Janeiro, o presidente da Fed de São Francisco, John Williams, afirmou que o programa de compra de activos poderá ser concluído no final deste ano.

 

Os maiores focos de atenção estão concentrados nas referências sobre a manutenção das taxas de juro baixas por um período longo de tempo e se há preocupações dos responsáveis da Fed com a inflação.

 

Os investidores aguardam a divulgação de indicadores económicos e que a época de apresentação de resultados comece.

 

A Alcoa vai ser a primeira cotada americana a apresentar os seus resultados referentes ao último trimestre do ano. Será no dia 9 de Janeiro que arranca a época de apresentação de resultados das cotadas dos EUA. Os analistas consultados pela Bloomberg estimam que as empresas do S&P500 registem um aumento médio de 9,7% dos resultados e de 3,8% das vendas.

Ver comentários
Saber mais Bolsas EUA Dow Jones Nasdaq S&P 500
Outras Notícias