Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Portugal é dos países com maior proporção de dívida detida por estrangeiros

Com dois terços da dívida na mão de não residentes, Portugal apresentava no final de 2015 a sétima proporção mais alta dos 28 países da União Europeia.

Miguel Baltazar
Negócios jng@negocios.pt 21 de Junho de 2016 às 10:43
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

Portugal está entre os países da União Europeia com maior proporção de dívida detida por estrangeiros, de acordo com os dados divulgados esta segunda-feira, 21 de Junho, pelo Eurostat.

Com dois terços da dívida (66,6%) na mão de estrangeiros, Portugal é o sétimo país da União Europeia com a proporção mais alta, revela o relatório hoje divulgado. Os institucionais nacionais absorvem pouco mais de um quarto (25%), tendo a dívida a retalho um peso de 8,4%.

A dívida correspondia em 2015 a 129% do PIB, a terceira mais alta da União Europeia, numa lista liderada pela Grécia (176,9%), seguida de Itália (132,7%).

A proporção de reservas e depósitos também é alta, em termos relativos (8,1%), mais do que duplicando a média da Zona Euro, tal como o peso dos empréstimos (39,3%, contra 17,8% na Zona Euro). Já o peso da dívida colocada no mercado está abaixo da média (52,7% em Portugal contra 79,1% na Zona Euro).

Peso da dívida de curto prazo é relevante

O peso da dívida de curto prazo é em Portugal, que corresponde a 14,1% do total, é o terceiro maior da União Europeia, de acordo com o mesmo relatório do gabinete de estatísticas europeu.

A Suécia registou a percentagem mais elevada de dívida de curto prazo (com maturidade inferior a um ano), que representa mais de um quarto (27%) do total. Segue-se a Hungria e depois Portugal e Itália (14%).

Ver comentários
Saber mais Dívida Eurostat
Mais lidas
Outras Notícias