Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Autoridades chinesas declaram que Ocidente tem maior censura

De acordo com o vice-presidente da Câmara da cidade chinesa Xiamen, Zang Jiebin, os cidadãos chineses têm sorte e viver num país que fomenta a liberdade na Internet e não exerce uma censura tão dura como o Ocidente.

Andreia Major amajor@negocios.pt 11 de Julho de 2011 às 13:04
  • Assine já 1€/1 mês
  • 3
  • ...
Zang Jiebin assegurou numa conferência, que os chineses tinham sorte em viver num país com Internet livre. “A supervisão e a gestão da ideologia e dos novos meios de comunicação nos países ocidentais é muito mais estrita que a nossa”, disse Jiebin.

A China proíbe numerosos sites de internet como o Facebook, Twitter ou Youtube, por recear que a troca de imagens e informação possa causar algum tipo de instabilidade social que ponha em causa a segurança nacional.

O país asiático também mantém uma estreita vigilância sobre o que é dito nos sites chineses permitidos, como o popular serviço de microblogging Weibo, onde se eliminam as palavras ou imagens que possam ser “perigosas”.

Zang afirmou que na Alemanha era difícil que as pessoas utilizassem a Internet devido à burocracia governamental e aos altos custos. “Assim podemos dizer que o nosso país é muito civilizado e democrático, e devemos sentir-nos contentes por isso”.

Os cibernautas chineses apressaram-se a denunciar os comentários de Zang que já se espalharam em grande força na rede. “Confundiu a Coreia do Norte com a Alemanha?”, escreveu um cibernauta no Weibo, referindo-se a um dos países que exerce um controlo mais estrito que a China.

“Devemos agradecer ao nosso país que nos permite aceder à Internet! Quando é que vamos poder aceder ao Twitter sem ter que todos os Firewalls?”, perguntou o mesmo.

Os cidadãos chineses têm de deparar-se com “jogos de palavras” para quebrarem as regras e conseguirem aceder aos conteúdos que pretendem.

“Será que os alemães que vivem no fosso da pobreza necessitam que nós chineses os libertemos?”, foi outra das perguntas feita no blog, em tom de sarcasmo.
Ver comentários
Saber mais internet China Alemanha Facebook Twitter Youtube
Outras Notícias