Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Bolsas asiáticas recuam com indecisão europeia e disputa entre China e Japão

Depois da euforia com as decisões dos bancos centrais, os investidores colocam um freio às valorizações. O que aconteceu ontem na Europa, em Wall Street e hoje na Ásia.

Diogo Cavaleiro diogocavaleiro@negocios.pt 18 de Setembro de 2012 às 07:43
  • Partilhar artigo
  • ...
A crise da dívida permanece um foco de tensão para os mercados financeiros. As bolsas asiáticas não escapam a esse sentimento e negoceiam esta terça-feira em queda.

O MSCI Ásia Pacífico segue sem grandes alterações. O índice recuou ontem depois de se ter valorizado durante sete sessões consecutivas. O índice MSCI Ásia Pacífico que exclui os índices do Japão recua 0,3%. Os índices sul-coreano, chinês e de Hong Kong seguem a perder terreno, de acordo com os dados disponibilizados pela Bloomberg.

“Ainda há um conjunto de zonas de preocupação. Os investidores vão ficar cada vez mais nervosos à medida que a resposta política não se materializa na China”, comentou à agência de informação o gestor Tim Schroeders.

A crise da dívida na Zona Euro mantém-se no activo, num momento em que os líderes europeus continuam sem se decidir em relação aos pormenores em torno do novo supervisor bancário europeu e o fundo de resgate permanente.

No lado japonês, os índices bolsistas encerraram mistos. O Nikkei perdeu 0,39% para os 9.123,77 pontos, enquanto o Topix somou 0,20% para os 758,36 pontos. A limitar os ganhos esteve a disputa regional entre o Japão e a China, que tem levado a protestos neste último país. A tensão tem crescido nos últimos meses, conta o “Financial Times”, no que diz respeito à propriedade das ilhas Senkaku, que o Japão controla mas que a China e Taiwan reclamam serem suas.

As empresas nipónicas com negócios na China perderam terreno na sessão bolsista de hoje, segundo a Bloomberg, dada a crise diplomática entre as duas nações asiáticas. A Honda Motor perdeu 2,51% para 2.604 ienes, enquanto a Nissan recuou 5,01% para os 701 ienes.

Ver comentários
Saber mais bolsas asiáticas MSCI Ásia Pacífico acções China Europa Japão
Outras Notícias