Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Bolsas dos EUA sobem animadas pela Europa

As bolsas dos EUA iniciaram a sessão e alta, animadas sobretudo pela expectativa de que o Banco Central Europeu (BCE) actue no mercado de dívida secundário e compre obrigações de Espanha e Itália. Angela Merkel e François Hollande dizem estarem preparados para fazer tudo para preservar a Zona Euro, o que também está a animar.

Sara Antunes saraantunes@negocios.pt 27 de Julho de 2012 às 14:40
  • Assine já 1€/1 mês
  • 2
  • ...
O Dow Jones segue a subir 0,54% para 12.957,18 pontos e o S&P500 avança 0,56% para 2.909,46 pontos. O jornal francês “Le Monde” diz que o BCE vai comprar dívida de Espanha e de Itália, com o objectivo de aliviar a pressão que tem aumentado sobre os dois países, e em especial sobre Madrid. Esta notícia surgiu depois de ontem, o presidente da autoridade monetária, Mario Draghi, ter garantido que o BCE vai fazer tudo o que for necessário para preservar o euro. Algo que já na quinta-feira fez subir os índices bolsistas.

Às declarações de Draghi juntou-se o ministro das Finanças alemão. Wolfgang Schäuble disse estar satisfeito com as afirmações do presidente do BCE, o que dá um ânimo maior e maiores expectativas aos investidores.

Estas notícias estão a trazer algum alento aos mercados, com os investidores a especularem que os líderes europeus vão agir efectivamente de forma a tentarem travar a crise que impera na Europa.

Poucos minutos antes do início de sessão do outro lado do Atlântico foi divulgado um email onde Angela Merkel e François Hollande dizem estar preparados para fazer tudo para protegerem a Zona Euro.
Nos EUA, foi divulgada a evolução do produto interno bruto (PIB), tendo sido divulgado uma expansão económica de 1,5% no segundo trimestre. Os números representam um abrandamento do crescimento, mas o indicador ficou acima do esperado pelos economistas da Bloomberg que apontavam para uma expansão de 1,4%.
Ver comentários
Saber mais Bolsas EUA Wall Street Dow Jones S&P500 Europa
Outras Notícias