Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Bolsas dos EUA sobem animadas pelo crescimento da Alemanha e vendas a retalho

Os principais índices bolsistas dos EUA iniciaram a sessão a valorizar, a beneficiar da evolução económica da Alemanha e do aumento das vendas a retalho no mercado americano.

Sara Antunes saraantunes@negocios.pt 14 de Agosto de 2012 às 14:35
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
O Dow Jones sobe 0,36% para 13.216,97 pontos e o Nasdaq avança 0,35% para 3.033,16 pontos.

A contribuir para este desempenho na bolsa estão essencialmente dados económicos que estão a diminuir os receios dos investidores em relação à economia mundial.

Por um lado foi revelado que a Alemanha cresceu, no segundo trimestre do ano, 0,3%, quando se previa um crescimento mais moderado. Por outro lado, a própria França surpreendeu ao revelar uma estagnação, quando se previa que tivesse contraído 0,1%. Este dado veio acalmar os receios dos investidores em relação à evolução da economia europeia. Apesar do produto interno bruto (PIB) da Zona Euro ter contraído 0,2%.

Do outro lado do Atlântico também foi revelado um dado relevante. As vendas a retalho aumentaram 0,8% em Julho, o que corresponde à primeira subida em quatro meses. E surpreenderam os analistas que estimavam, de acordo com a Bloomberg, um aumento de 0,3%.

São estas as principais razões para a subida dos índices bolsistas dos EUA.

Destaque para as acções da Groupon, que estão a afundar 21,85% para 5,90 dólares, depois de ter reportado as suas receitas do segundo trimestre, com os números a ficarem aquém do esperado pelos economistas. As receitas da maior empresa de descontos online cresceram 45% para 568,3 milhões de dólares (461,5 milhões de euros), o que fica aquém dos 575,3 milhões estimados pelos analistas consultados pela Bloomberg.
Ver comentários
Saber mais EUA bolsas Wall Street Europa
Outras Notícias