Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

China impõe coima de 20 milhões à Ford

A China multou a representante da Ford no país por violação de regras da concorrência. A coima ascende a 20 milhões de euros. E é o segundo caso contra uma empresa americana.

O FCE Bank, financeira da Ford, foi a segunda instituição mais reclamada nos créditos aos consumidores, no ano passado. Obteve 1,56 reclamações por cada 1.000 contratos.
Jeff Kowalsky / Bloomberg
Negócios com Bloomberg 05 de Junho de 2019 às 13:43
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

A China multou a Changan Ford Automobile em 162,8 milhões de yuans (20,9 milhões de euros) por restrições nos preços de venda nos retalhistas na cidade de Chongqing desde 2013, de acordo com um comunicado emitido esta quarta-feira. O valor da coima representa 4% das vendas anuais da Changan Ford em Chongqing.

 

Este anúncio surge dias depois de as autoridades chinesas terem revelado uma investigação à FedEx por problemas na entrega de encomendas, uma decisão que foi associada à guerra comercial e contra a Huawei, realça a Bloomberg.

 

Apesar de a China não ter estabelecido qualquer relação entre a multa e as tensões com os EUA, "é difícil não as relacionar", afirmou Andrew Polk, co-fundador da Trivium China. "Nesta fase penso que a base das suposições é de que não há coincidências", acrescentou o responsável.

 

A Ford já disse, em comunicado, que vai respeitar a decisão de Pequim.

 

Ver comentários
Saber mais Ford China guerra comercial EUA/China
Mais lidas
Outras Notícias