Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Dinamarca proíbe uso de burqa ou niqab em locais públicos

A Amnistia Internacional já reagiu à aprovação da proposta de lei, afirmando que a medida é uma violação ao direito das mulheres.

Reuters
Negócios 31 de Maio de 2018 às 12:37
  • Partilhar artigo
  • 18
  • ...
A Dinamarca juntou-se a vários países europeus e proibiu o uso de burqas ou niqabs (cobertura integral do corpo ou véu que tapa a cara, respectivamente) em locais públicos. Segundo a agência Reuters, citada pela Sábado, o parlamento dinamarquês aprovou esta quinta-feira uma proposta de lei com 75 votos a favor e 30 contra.

Quem não cumprir a lei, que entra em vigor a 1 de Agosto deste ano, poderá enfrentar sanções económicas entre os 134 e os 1.343 euros.

A Amnistia Internacional já reagiu à aprovação da proposta de lei, afirmando que a medida é uma violação ao direito das mulheres. "Todas as mulheres devem ser livres de se vestir como quiserem e de usar roupas que expressem a sua identidade e as suas crenças. Esta probição terá um impacto negativo nas mulheres islâmicas que escolhem usar um niqab ou uma burqa", afirmou o director para a Europa da organização dos direitos humanos, Gauri van Gulik.
Ver comentários
Outras Notícias