Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Eslovénia preparada para receber "milhares de migrantes" após medidas de Budapeste

A Eslovénia está preparada para receber "vários milhares" de migrantes caso o fluxo de refugiados seja desviado para este país após o encerramento por Budapeste da fronteira servo-húngara, anunciou o Ministério do Interior.

reuters/Darrin Zammit Lupi
Lusa 14 de Setembro de 2015 às 18:47
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

"Em caso de chegada súbita de um grande número de refugiados, a Eslovénia poderá oferecer um abrigo a diversos milhares entre eles. As nossas capacidades de acolhimento aumentam de dia para dia", declarou Bostjan Sefic, um dos porta-vozes do ministério.

 

O Governo da ex-república jugoslava, Estado-membro da União Europeia (UE) com cerca de dois milhões de habitantes, convidou os municípios e os cidadãos a demonstrarem "solidariedade" e se necessário a acolherem refugiados.

 

Pequeno país na fonteira com a Croácia, Hungria, Itália e Áustria e independente desde 1991, a Eslovénia poderá tornar-se num importante ponto de passagem para os milhares de refugiados que diariamente procuram atingir a Europa ocidental através da Sérvia.

 

A Hungria, por onde transitaram desde Janeiro de 2015 cerca de 200 mil pessoas, pretende aplicar a partir de terça-feira uma nova legislação destinada a tornar intransponível para os migrantes a sua fronteira com a Sérvia, uma medida susceptível de provocar um desvio do fluxo em direcção ao ocidente europeu.

 

A polícia eslovena anunciou hoje que interceptou um grupo de 21 migrantes, na maioria iranianos e afegãos, provenientes da Hungria e que pretendiam dirigir-se para a Alemanha. Este foi o mais importante grupo de migrantes interceptado até ao momento na Eslovénia. 

Ver comentários
Saber mais Eslovénia Hungria política refugiados migrações Sérvia Europa
Outras Notícias