Mundo Forbes: Xi e Putin superam Trump na lista dos mais poderosos do mundo

Forbes: Xi e Putin superam Trump na lista dos mais poderosos do mundo

Xi Jinping, presidente da China lidera a lista das pessoas mais poderosas do mundo em 2018. A partilhar o pódio está Vladimir Putin (2.º) e Donald Trump (3.º).
reuters Bloomberg reuters EPA reuters Carlos Barroso / Correio da Manhã EPA
Raquel Murgeira 08 de maio de 2018 às 15:46

O presidente da China, Xi Jinping (na foto) é o homem mais poderoso do mundo em 2018, segundo uma lista divulgada pela Forbes esta terça-feira, 8 de Maio. O presidente chinês saltou quatro lugares na lista, quando comparado com o ano passado. 

Xi Jinping está na presidência da China desde 2013 e ocupa o primeiro lugar da lista das pessoas mais poderosas do mundo pela primeira vez, isto depois da Assembleia Nacional Popular da China ter aprovado uma emenda constitucional que estabelece uma presidência indefinida para o actual chefe de Estado, Xi Jinping, que dá assim mais um passo na consolidação do seu poder.

A subida do presidente da China ao primeiro lugar da lista das pessoas mais poderosas do mundo derruba o presidente russo Vladimir Putin (2.º), que ocupou o primeiro lugar durante quatro anos consecutivos. Putin é o líder da Rússia desde 2000, tendo sido reeleito este ano para um quarto mandato.

A surgir em terceiro lugar na listagem da Forbes está o presidente norte-americano Donald Trump, que perdeu uma posição. Com 71 anos de idade o líder americano caiu para o terceiro lugar das pessoas mais poderosas do mundo depois de ser alvo de várias investigações, assim como escândalos que envolvem a sua vida pessoal e empresarial.

A quarta pessoa mais poderosa do mundo é uma mulher: Angela Merkel, a chanceler alemã. A líder da Alemanha prepara-se para "segurar o leme da União Europeia" com o aproximar do Brexit e com o aumento do sentimento anti-imigrante na Europa, segundo a Forbes.

Da compilação das 75 pessoas mais poderosas do mundo em 2018, a ocupar o top 10 está também o CEO da Amazon, Jeff Bezos (5.º); seguido do Papa Francisco (6.º); Bill Gates (7.º) e o príncipe herdeiro da Arábia Saudita, Mohammed bin Salman Al Saud (8.º). Este último é uma das estreias na lista da Forbes, sendo também o mais novo no ranking, com 32 anos de idade.

Há 17 novos nomes na lista deste ano, além do príncipe herdeiro da Arábia Saudita destaca-se também Jerome Powell (11.º), presidente da Reserva Federal dos EUA; Darren Woods (34.º), CEO da Exxon Mobil, e Moon Jae-in (54.º), presidente da Coreia do Sul.

A lista foi construída a partir da medição do poder do candidato sobre muitas pessoas, da avaliação dos recursos financeiros controlados por cada um, do poder que cada um exerce em vários sectores, assim como a avaliação do uso do poder, de acordo com a Forbes.




pub

Marketing Automation certified by E-GOI